RSS

removendo os rótulos no cristianismo


     Às vezes se torna complicado ser biólogo e cristão. A pergunta: "Você é criacionista ou evolucionista?" é sempre lançada, geralmente acompanhada de um olhar de condenação, esperando que a resposta seja "evolucionista", pra que então venha um despejo de sermões do tipo "essa não é a verdade da Bíblia"! A impressão que tenho é que um grande jato de vômito contendo todo o Gênesis vai ser lançado da boca da pessoa que se dirige a mim! Só pra constar, eu não sou evolucionista. Eu sou um Criacionista, que acredita no processo evolutivo como a própria criação. Deixe eu explicar melhor... vamos aos fatos!
     Gênesis 1:1-3: "No princípio Deus criou os céus e a terra. Era a terra sem forma e vazia e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas. E disse Deus HAJA...". A palavra HAJA aqui, indica que Deus está ordenando que algo se faça, ou seja, Ele está criando algo.
     A Bíblia contém a verdade absoluta? Sem sombra de dúvidas. Deus é o criador de todas as coisas. (Abrindo um parênteses, e eu não poderia deixar de fazê-lo: o mais incrível disso é que Deus não criou para Ele. Ele não precisa de nada, Ele é soberano e absoluto. Ele criou por mim e por você, por nos amar, soprou em nós vida, e proporcionou toda a beleza do universo criado por suas mãos, pra que nós contemplássemos tão grande espetáculo em movimento. E criou-nos para que nos relacionássemos com Ele).
      E quanto à ciência? "Admite-se que o processo evolutivo que originou as primeiras células começou na Terra... naquela época, a atmosfera continha vapor d'água ... a superfície da terra era coberta por grande quantidade de água...". (Excerto do livro Biologia Molecular da Célula - Junqueira&Carneiro, 2004, página 10).
     Esse pequeno excerto me diz tanta coisa!
     Primeiro: O processo evolutivo começou na Terra. Opa! Existe o planeta. Deus criou a Terra ou ela originou-se de uma grande explosão (Big Bang)? Bem, pra mim, a única explicação plausível sobre a teoria do Big Bang (no início (que início?) os átomos encontravam-se na forma de uma densa nuvem, e o choque entre eles provocou uma expansão dos mesmos e estes foram se organizando entre si gerando moléculas, que posteriormente se organizariam formando as primeiras células) é que se os átomos estavam todos agregados, primeiro alguém criou os mesmos.
     Deus os criou. Em seguida, Deus tocou a ponta do seu dedo indicador direito ali e estes se repeliram, provocando portanto o Big Bang. Ora, o Big Bang então existiu? Sim, caso ele tenha sido provocado por Deus. Talvez ele tenha sido o start que Deus usou pra começar a criar. Se eu fechar os olhos, consigo enxergar Deus criando uma densa nuvem atômica e depois tocando nela e ela se desfazendo, expandindo-se por entre a infinita escuridão do universo ainda não iluminado pelas estrelas. Elas seriam criadas um pouco mais tarde.
     Muito bem, em segundo lugar: os átomos que afastaram-se começaram a se organizar pra formar moléculas. Aleatoriamente? Mas é claro que não. Era o dedo de Deus mais uma vez estabelecendo as ligações químicas covalentes, ou não covalentes, e criando as moléculas. E depois? Deus montou o quebra cabeça de moléculas e as células foram assim construídas. Ah, os autores do livro citado também diz que a superfície da terra era coberta por água. O que está escrito na Biblia? A terra era sem forma e vazia e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas!
     Isso não parece incrível? O autor do Gênesis e os autores do livro secular concordam que a superfície da terra era coberta por água. A única coisa que o cientista esqueceu de mencionar é que o Espírito Santo estava se movendo ali! Poxa gente, vamos lá, quem é que nunca esqueceu de um detalhe? Tudo bem, eu entendo, era o detalhe mais importante né?! Mas vamos lá, ainda não acabaram-se as evidências! As células foram se organizando e formando tecidos, conforme a ciência. Tecidos: conjuntos de células que cooperam para funções comuns. Tecido. O salmista diz: Tu me teceste no ventre da minha mãe (Sl.139:13) e Max Lucado escreve "o homem não foi fabricado em massa, mas foi TECIDO por Deus".
    Diante disso só posso crer que após ter montado o quebra-cabeças de moléculas, formando as Células, Deus olhou para elas (e viu que era muito bom!!!) e resolveu agrupá-las, porque elas poderiam se encaixar perfeitamente! Ele usou uma molécula 
chamada Laminina (curiosa ou propositalmente em forma de Cruz) pra unir as células (assim como a Cruz de Cristo nos une a Ele! Oh! isso me faz chorar).
     Então, Deus viu que estes tecidos, poderiam ser organizados em órgãos, e estes em sistemas, e os mesmos poderiam ser agrupados pra formar seres parecidos com Ele mesmo! "Criou o homem conforme à sua imagem e à sua semelhança".
    Deus achou tudo tão lindo, tão majestoso, que em cada uma das fases da criação, Ele deixou vida! Deixou vida nas células sozinhas (e assim criou bactérias, fungos, protozoários, algas), deixou vida nas células organizadas em tecidos simples (e criou os parazoários) e depois foi dando diferentes formas aos grupos de tecidos e órgãos que ele formou (por que essas formas eram todas muito bonitas), e assim surgiu a biodiversidade! Ao homem que era parecido com Ele mesmo, Deus deu capacidade de raciocínio, por que (não que Ele precisasse disso, oh! não, Ele é absoluto!), mas seria divertido ter com quem se relacionar, seria prazeroso ter a quem amar!
     Você agora vai questionar o seguinte: Deus criou tudo em 6 dias. A evolução supostamente aconteceu em 4,5 bilhões de anos! E agora?
   Ora! Desde quando Deus está preso ao tempo? Desde quando Deus usa o mesmo calendário que nós? Quem nos garante que os 6 dias de Deus tenham tido 24 horas? E se os seis dias de Deus tenham tido aproximadamente 750 milhões de horas? Nós não sabemos. Nós não sabemos.
     Você vai questionar outra coisa: A ciência diz que evolução continua acontecendo e sempre vai acontecer. Deus deixou de criar em que momento? Ele deixou de ser o Criador?
     
     Nunca li nada disso em lugar algum, essa é a minha visão sobre o processo evolutivo. Ele acontece, existem muitas evidências científicas que permitem-me dizer que o processo evolutivo acontece. Mas ele só acontece por que Deus é o autor até mesmo da evolução. Eu espero ter sido claro, não pretendo convencer ninguém dos fatos biológicos que evidenciam evolução, mas gostaria sinceramente que o Espírito Santo de Deus, que convence do pecado, da justiça e do juízo, convencesse a você leitor, sobre o amor infinito que Deus tem por ti, e pela ânsia que Ele tem de se relacionar com você.


     Que Ele nos abençoe.




Por Leandro Pivato
Correções: Juliana Alvarez

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

9 comentários:

Ju Alvarez disse...

Acho importante esses esclarecimentos vindo de um biólogo.O texto tem uma linguagem bastante jovem, um tanto teatral, dá vontade de ler até o fim. Parabéns, Le! Acho que vc poderia abordar mais fatos polêmicos dessa área! Bjos...

Meire A. A. Gimenes disse...

Hilário, esse paralelo que você faz entre a Ciência e Deus. Muito lógico e claro eu particulamente amei.

mrochadesousa disse...

Gostei do post! Interessante mesmo. São como versões de uma mesma história! É como pedir para pessoas diferentes acompanharem e narrarem um fato, cada um vai ver o acontecimento com seu olhar peculiar, e narrar com suas próprias palavras, impossível que ao final todos tenham a visão. O texto me lembra muito a visão naturalista/panteísta de Deus que era muito apreciada por Einstein, acreditando que Deus se manifestava nas leis que regiam o universo, sendo assim responsável pela criação e evolução do mesmo. Nos resta entender e compreender que todos temos o direito de expor nossa versão dos fatos, e que o diálogo pode nos ajudar a entender melhor as coisas e paerfeiçoar nossa visão dos fatos, mas muito provavelmente não vai nos fazer mudar de idéia. Parabéns mesmo pelo post!

mrochadesousa disse...

heuashea Esqueci de assinar,
....
@supertubas

Carmen Regina Dias disse...

para mim é suficiente a colocação sobre o que é o tempo de Deus. Certamente as formigas não sabem o tempo dos homens. E as bactérias, muito menos.

Do livro da Gênese aos nossos tempos digitais,
a linguagem mudou pra caramba.

E a liberdade de pensamento também.

alemenina disse...

OI LÊ....
ENTREI ONTEM NO SEU BLOG... E HJ VOLTEI PRA LER O TEXTO, AMEI!!AMEI!! COMO A JÁ FALOU, PARECE VC FALANDO NO TEATRO, QUE SAUDADE DE VC...
PARABÉNS LÊ, VC ESCREVE MUITO BEM, ALIÁS TUDO QUE VC FAZ É MUITO BOMMM...
BJSSSS

Tom disse...

Gostei bastante da forma teatro-cinematográfica que você usou pra tratar deste tema que fazem ser tão espinhoso.
Eu me perco fácil em devaneios e fico impaciente com as perguntas as quais não acho resposta, por isso que meio-que-parei de pensar sobre a Criação... Mas acompanhar seu raciocício foi tão fácil!

Leandro Pivato disse...

obrigado por lerem e comentarem pessoas! Deus abençoe a todos.

carla disse...

Adorei Lê!
Eu tbm sou uma criacionista e sem dúvidas acredito na evolução das espécies.
Vc abordou um tema polêmico de forma simples e empolgante!
Como sempre arrazou!!

beijo
Carla Caroline Burgardt

Postar um comentário